Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Licenças

Há alguns (quase muitos) anos atrás, depois de ter feito um teste de gravidez e ter percebido que estava grávida, fui à obstetra. Qual não foi o meu espanto quando a médica me deu um sermão por eu, querendo engravidar, não ter ido antes a uma consulta, feito uns exames e tomados umas pastilhas.

Pensava eu, na minha ingenuidade, que sabia tudo o que havia para saber sobre como fazer um bebé! Afinal era preciso pedir uma licença camarária!!! Tempos depois, a contar o episódio a umas amigas, algumas delas, para meu espanto, concordavam com a médica. Por ironia do destino, ou desgraça alheia a ele, essas minhas amigas hoje não têm filhos!

Portugal é um maravilhoso país de contrastes.