Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ler o que se escreveu

Hoje estive a ler o que escrevi aqui no ano passado. Fez-me bem porque andava a idealizar os meus primeiros posts, com a sensação que ultimamente me faltava a clareza e a simplicidade com que tinha começado o blog. Conclui que se me falta hoje, também me faltava na altura, e não preciso de ter inveja de mim própria. E isso, por estranho que pareça, apazigua-me a alma.