Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

General Zod, Ursa e Non

Uma das cenas de filmes que me vêm à cabeça quando em vez, é o início do Super Homem II, com os três vilões kryptonianos a vaguear pelo espaço eternamente presos numa folha de vidro de duas dimensões. Primeiro fascina-me que o autor tenha considerado ser um castigo horrendo vaguear eternamente no espaço acompanhado por dois amigos, e depois gosto de pensar nas dimensões. Uma vez vi um episódio do Twilight Zone sobre uns seres de duas dimensões que apareciam na Terra, e muitas vezes imagino se haverá mais vida além das nossas quatro dimensões. Se além de existir o espaço e o tempo, também existirá alguma outra dimensão que não nos é perceptível.

Bem, toda esta introdução para dizer que ultimamente tenho visto alguns vídeos do Youtube para perceber o que andam os meus filhos a ver. E concluí que as pessoas estão a regredir, no que a dimensões diz respeito, e estão a tornar-se seres de duas dimensões. A câmara fixa num computador a gravar caras de gente a jogar, a falar sobre isto e aquilo, a dar conselhos e até a insurgirem-se contra as críticas de que são alvo, parece a folha de vidro onde o General Zod, a Ursa e o Non vagueam perdidos no espaço.