Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Férias

Acabei de vir de férias. Passei uma semana na aldeia, a arrumar, a jardinar, a carpinteirar. Não abri o portátil. Não descansei um minuto. Soube-me pela vida!

 

Agora dou por mim a pensar, se um agricultor ou um carpinteiro viesse de férias para a cidade, diria: "Passei uma semana na cidade, a responder a emails, a escrever no word, a fazer cálculos no excel. Não me levantei da cadeira. Não descansei um minuto. Soube-me pela vida!"