Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Dificuldades

Às vezes não sei se exagero ou abandono. Muitas vezes ao longo da minha vida, quer na minha relação com a família ou até amigos e na educação dos filhos, fico sem saber se hei-de insistir para fazer as coisas da forma que acho que é preferível ou se desisto e não me meto na vida dos outros. Quanto mais afastada é a relação, mais fácil é não interferir, mas na educação dos filhos as decisões são complicadas. Às vezes forço-os a fazerem coisas quando não queriam e depois agradecem-me, outras causo-lhes stress sem necessidade e ficam chateados, outras não insisto e depois ficam com pena de não terem feito nada. Na maioria das vezes não há questões, mas aqui e acolá a fronteira entre ser uma mãe pró-activa e uma mãe chata é muito ténue!