Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Desbragadices

Ando com saudades dos desbragados! Sempre gostei de ver gente desbragada. Ver ao longe, que ao perto não os suporto!  São talvez os últimos seres verdadeiramente livres, ou então não. Tenho saudades e inveja, ou talvez não. Não sei porque já não me aparecem à frente como antes apareciam. Tendo a culpar a sociedade, mas a culpada serei eu que já não tenho paciência para eles. Talvez do que eu tenho saudades é da paciência que tinha, ou não.