Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

A natureza e os três níveis

Para quase todas as características humanas podemos elaborar um ciclo de natureza mais três níveis.

 

Trocando por miúdos: 

há natureza;

depois existe um primeiro nível de homens que vivem para o trabalho, orgulham-se de dominar a natureza quer retirando dela o seu sustento quer decifrando-a, mas são dominados pela sociedade que não lhes dá primazia, e que apenas utiliza o produto e avanço tecnológico que realizam;

a seguir aparece o nível dos homens da sociedade e da política, orgulham-se de dominar o primeiro nível quer sendo seu usufrutuário quer sendo seu decisor, mas anseiam constantemente por algo espiritual que não se coaduna com simples decisões prosaicas, venerando génios aqui e acolá;

finalmente aparece o nível dos artistas, orgulham-se de serem superiores à sociedade pois visam apenas a produção de matéria imortal, mas passam a vida a admirar o belo, o único e o puro, ou seja, a natureza;

depois há a natureza...