Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

A inversa ordem certa das coisas

Este fim-de-semana fui à festa dos 80 anos de um primo afastado. Antes de cantarmos os parabéns, o meu primo fez um pequeno discurso onde, entre celebrar o que de bom lhe acontecera e lembrar quem já não nos faz companhia, agradeceu aos filhos o muito que tinha aprendido com eles.