Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

3.14159265359...

Às vezes penso que se o número que explica a circunferência é interminável (ou irracional!!!), se o universo está modelado em formas elipticas e qualquer fórmula um pouco mais complexa é logarítmica, então talvez ao encararmos a vida derivando-a de números inteiros e explicando-a em gráficos em que as coordenadas são rectas, estejamos a perceber mal tudo o que nos rodeia.

Se a nossa unidade fosse o p e a matemática em vez de ser de base "1" fosse de base 3.14159265359... então talvez tudo fosse mais óbvio. As nossas coordenadas seriam curvas mas as leis que explicam o universo seriam mais simples. Como em muitas outras coisas, às tantas, tudo o pode ser preciso é mudar o referencial.