Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Meios humanos

No outro dia li qualquer coisa sobre as experiências que a ciência anda a fazer ao misturar genes de gente com animal. Embora isso me assuste, não me surpreende, porque já há muito tempo que a ciência anda a misturar genes disto e daquilo. E claro, logo me vêem à cabeça seres híbridos, meio gente meio animal, talvez menos inteligentes mas mais capazes noutras áreas.

Mas bem!, o que me espanta é que a ciência não ande, ao invés, a separar! Dado sermos humanos, ou seja, meio gente meio animal, porque raio é que a ciência não anda, mas é, a separar o animal de nós?!!!

Ponto de exclamação.

Sou uma "mulher de pontos finais". Com isto quero dizer que tenho a mania que sou assertiva. E com mais isto quero dizer que sou uma mandona, com algum pé atrás, não vá dar-se o caso de não ter razão.

Como "mulher de pontos finais" que sou, fazem-me impressão as "pessoas de pontos de exclamação". Ora, ultimamente tenho vindo a reparar que cada vez há mais "gente de pontos de exclamação" e ando bastante irritada com o facto. Exemplificando:

Quando escrevo um email logo pela manhã, digito "Bom dia, ...", ou seja cumprimento o destinatário, coloco uma vírgula para isolar a saudação e depois escrevo o texto. Mas ultimamente tenho-me deparado com gente que me escreve "Bom dia! ...", e estando eu de manhã ainda meio a dormir, quando recebo um cumprimento assim, imediatamente me afasto do ecrã como se tivesse sido atingida pela cuspidela de um qualquer pateta alegre que sorri enquanto acena com luvas de palhaço.

Mas o que me anda a tirar do sério são as respostas que tenho recebido a trabalhar em equipe com mais uns tantos na elaboração de uns relatórios. Então, ao envio de uma lista de assuntos, todos devidamente numerados e intercalados por ponto e vírgula, respondem-se assim:

"1º - Concordo!

2º - Não acho bem abordar este aspecto!

3º - O cálculo está correcto!

4º - Falta o anexo!..."

Ora bem, fico sem saber se quem me escreve é histérico, se está a gozar comigo, ou se passa a vida aos pulinhos! Mas o que me apetece é pegar no ponto de exclamação, como se de uma moca se tratasse e mandar uma traulitada, à moda de mulher das cavernas, a quem me desassossega a manhã desta maneira. (ponto final)

 

 

foto do autor

arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D