Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ri-te Rita

que a vida não rima

Ri-te Rita

que a vida não rima

Blogs

Leio alguns blogs, talvez mais dos que deveria. Há gente que diz coisas muito certas, com uma frase apenas ou num texto de várias páginas, há gente que me faz rir e há gente que só diz palermices. A verdade é que nem a sabedoria de uns nem a estupidez de outros me cola. Pensando sobre o assunto acho que só os leio para saber como estão as pessoas que os escrevem. São o "eles" do meu verbo viver. Eu vivo, tu vives, ele vive, nós vivemos, vós viveis, eles vivem.

Cantar poemas

Há poemas que ficam melhor cantados. Outros há que quando o são perdem a graça. Há uns dias li um poema que me pareceu lindíssimo e qual foi o meu espanto quando depois de abrir um link anexo me deparo com uma música que eu conhecia e que inclusive já devo ter trauteado. Só que a música tinha uma sonoridade forte e um refrão marcante e eu nunca tinha reparado como o poema era bonito até o ver escrito à minha frente e não o ter sequer reconhecido.